7 Dicas para decoração escandinava industrial
A decoração é um tema que está super em pauta nas redes sociais. Diariamente imagens de diferentes ambientes decorados, são postados nas redes.

Características

Composição1
Medidas (LxAxP)1
Peso1
Cuidados1
Garantia1

Blog

Texto 1A decoração é um tema que está super em pauta nas redes sociais. Diariamente imagens de diferentes ambientes decorados, são postados nas redes. Quando um mesmo estilo é trabalhado diversas vezes em espaços aleatórios, não tem jeito, cai no gosto do público e se torna viral. Tanto o estilo industrial quanto o escandinavo, são exemplos de algo que caiu no gosto do consumidor, não só por serem atemporais, mas pelo seu mix & match ter uma sinergia de arrepiar.

O estilo industrial teve início em Nova Iorque no ano de 1950. Era uma época onde os galpões, fábricas e estúdios, até então abandonados, estavam sendo ocupados por famílias para serem transformados em lares. O estilo escandinavo surgiu na década de XX e em outro continente totalmente diferente. Com origem europeia, o estilo escandinavo recebeu esse nome por ter sido desenvolvido na região Escandinávia composta pela Suécia, Noruega, Islândia, Dinamarca e Finlândia. O inverno da região é longo, frio e muito escuro, por esse motivo, criou-se o hábito de utilizar elementos e cores claras, para iluminar o interior dos ambientes.

Apesar de suas diferenças geográficas e conceituais, as formas e tons de ambos os estilos se complementam. O projeto de interior que opta pelo industrial junto com o escandinavo, faz uma escolha certeira e harmônica, além de contar com inúmeras opções de tendência e ‘nuances’ de releituras modernas. Para os indecisos e apaixonados pelos dois estilos, separamos 7 dicas para unir os dois estilos em sua decoração.
Texto 52 — Elementos

Os canos e vigas aparentes, as paredes de concreto sem acabamento, os tijolos descascados, metal, cobre e madeira, são os principais elementos do estilo industrial.
Texto 2A decoração é um tema que está super em pauta nas redes sociais. Diariamente imagens de diferentes ambientes decorados, são postados nas redes. Quando um mesmo estilo é trabalhado diversas vezes em espaços aleatórios, não tem jeito, cai no gosto do público e se torna viral. Tanto o estilo industrial quanto o escandinavo, são exemplos de algo que caiu no gosto do consumidor, não só por serem atemporais, mas pelo seu mix & match ter uma sinergia de arrepiar.

O estilo industrial teve início em Nova Iorque no ano de 1950. Era uma época onde os galpões, fábricas e estúdios, até então abandonados, estavam sendo ocupados por famílias para serem transformados em lares. O estilo escandinavo surgiu na década de XX e em outro continente totalmente diferente. Com origem europeia, o estilo escandinavo recebeu esse nome por ter sido desenvolvido na região Escandinávia composta pela Suécia, Noruega, Islândia, Dinamarca e Finlândia. O inverno da região é longo, frio e muito escuro, por esse motivo, criou-se o hábito de utilizar elementos e cores claras, para iluminar o interior dos ambientes.

Apesar de suas diferenças geográficas e conceituais, as formas e tons de ambos os estilos se complementam. O projeto de interior que opta pelo industrial junto com o escandinavo, faz uma escolha certeira e harmônica, além de contar com inúmeras opções de tendência e ‘nuances’ de releituras modernas. Para os indecisos e apaixonados pelos dois estilos, separamos 7 dicas para unir os dois estilos em sua decoração.

1 — Paleta de cores

No industrial o preto, cinza, cobre são as cores que dominam o ambiente. Os tons mais claros e algumas cores de destaques, ficam em objetos decorativos e em pequenos detalhes.
Texto 6No estilo escandinavo, elementos como: madeira clara, mármore, lã, linho, algodão e plantas, são os que melhor o caracterizam.
Texto 3O estilo escandinavo é marcado por uma paleta clean. O branco, bege, cinza são as cores que revestem a maior parte dos espaços. O rosa, verde e azul, em suas versões claras, harmonizam perfeitamente nesse estilo.
Texto 7Para combinar ambos os estilos, separar uma parede para fazer de cimento queimado, colocar tijolinhos descascados ou branco, são ótimas soluções. Existem uma infinidade de Diys com cano de ferro e até mesmo de PVC, que também vão ajudar a dar um toque industrial, super charmoso ao ambiente. A madeira é algo em comum entre os dois estilos, optar pela madeira clara para o mobiliário e bancada, dará um equilíbrio maior entre o industrial e o escandinavo. O mármore, os tecidos naturais e as plantas, são elementos versáteis que caem bem na maioria dos estilos.
Texto 4Na mistura dos dois estilos, as cores pretas, cinza, rosa millennial e branco são as que deixam qualquer ambiente equilibrado.
Texto 83 — Minimalismo
O minimalismo é outro tema super em alta na decoração. Em meio ao consumismo social, a busca pelo essencial é algo que está sendo bastante discutido.O estilo escandinavo possui uma característica minimalista muito forte, ele se apodera de pouquíssimos elementos para dar um ar sóbrio ao ambiente. Utilizar móveis multifuncionais, que possibilitem o armazenamento de materiais, é uma ótima opção para manter a organização da casa, além de proporcionar a sobriedade e o minimalismo tão característico do escandinavo.
Texto 94 — Pontos de destaque

Os objetos decorativos, estofados, roupa de cama e louça, são peças que receberão cores de destaque. O rosa, verde, azul em tons claros, são opções para quebrar um pouco da frieza que as cores principais deixaram no ambiente. Os tons metalizados, principalmente o rose gold, são muito bem vindos por aqui.
Imagem 2/arquivos/img-blog-site-01-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Texto 105 — Estampas

Para não errar nesses dois estilos, o preto e branco estão liberados. Estampas clássicas como: Chevron, pied de loq, pied de poule e sinal de adição, são básicas e transmitem a simplicidade do escandinavo com o industrial.
Texto 116 — Mobiliário

As linhas retas e simples são outras características fortes de ambos os estilos. Móveis de madeira clara, de vergalhão, com cimento/concreto e mármore, são perfeitos para equilibrar esses espaços.
Imagem 4/arquivos/img-blog-site-02-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Texto 127 — Conforto, aconchego e personalidade

Independência do estilo, o conforto, o aconchego e a personalidade é algo primordial em um ambiente, além de nunca sair de moda. As texturas naturais quando expostas, seja um cobertor, mantas ou almofadas, proporcionam um conforto visual imediato ao ambiente, não só deixam a casa aconchegante, mas cheia de estilo.

Uma casa de verdade precisa imprimir a personalidade de quem mora nela, os quadros, porta retratos e elementos que remetam a memória afetiva, são ótimas soluções para dar aquele toque pessoal.
Data26/06/2018
Imagem 5/arquivos/img-blog-site-03-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 6/arquivos/img-blog-site-04-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 7/arquivos/img-blog-site-05-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 8/arquivos/img-blog-site-06-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 9/arquivos/img-blog-site-07-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 10/arquivos/img-blog-site-08-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 11/arquivos/img-blog-site-09-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 12/arquivos/img-blog-site-10-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
Imagem 13/arquivos/img-blog-site-11-07-dicas-para-decoração-escandinava-industrial.png
x
Produto adicionado com sucesso!